Misal Católico

¡Instala nuestra app para disfrutar de una mejor experiencia en tu dispositivo móvil!

Google Play App Store
Cerrar

Missal Católico do dia: Segunda-Feira, Fevereiro 5 2024

Segunda-feira da 5ª semana do Tempo Comum

1.º Livro dos Reis

8,1-7.9-13.

Naqueles dias, o rei Salomáo convocou á sua presença, em Jerusalém, os anciáos de Israel, os chefes das tribos e os chefes das famílias de Israel, para levarem da Cidade de David, que é Siáo, a arca da aliança do Senhor.
Todos os homens de Israel se reuniram junto do rei Salomáo, no mês de Etanim, que é o sétimo mês, durante a festa dos Tabernáculos.
Quando chegaram todos os anciáos de Israel, os sacerdotes e os levitas pegaram na arca do Senhor.
Transportaram-na juntamente com a Tenda da Reuniáo e todas as alfaias sagradas que nela se encontravam.
O rei Salomáo e toda a comunidade de Israel, reunida junto dele, diante da arca, ofereciam em sacrifício tantos carneiros e bois que náo se poderiam contar nem calcular.
Os sacerdotes colocaram a arca da aliança do Senhor no seu lugar, isto é, na parte interior do Templo, chamada Santo dos Santos, sob as asas dos querubins.
Os querubins estendiam as asas por sobre o lugar da arca, cobrindo a arca e os seus varais.
Na arca náo havia nada, além das duas tábuas de pedra que Moisés, no monte Horeb, aí tinha colocado: as tábuas da aliança que o Senhor estabeleceu com os filhos de Israel, quando eles saíram da terra do Egito.
Logo que os sacerdotes saíram do santuário, uma nuvem encheu o Templo do Senhor
e os sacerdotes náo puderam continuar a exercer o seu ministério por causa da nuvem: a glória do Senhor enchia o Templo.
Entáo Salomáo exclamou: «O Senhor decidiu habitar na nuvem escura.
Edifiquei-Vos, Senhor, uma casa para vossa morada, um lugar onde habitareis para sempre».

Livro dos Salmos

132(131),6-7.8-10.

Ouvimos dizer que a arca estava em Éfrata,
encontrámo-la nas campinas de Jaar.
Entremos no seu santuário,
prostremo-nos a seus pés.
Levantai-Vos, Senhor, e entrai no vosso repouso,
Vós e a arca da vossa majestade.
Revistam-se de justiça os vossos sacerdotes,
exultem de alegria os vossos fiéis.
Por amor de David, vosso servo,
náo afasteis o rosto do vosso Ungido.

Evangelho segundo São Marcos

6,53-56.

Naquele tempo, Jesus e os seus discípulos fizeram a travessia do lago e vieram para terra em Genesaré, onde aportaram.
Quando saíram do barco, as pessoas reconheceram logo Jesus;
entáo percorreram toda aquela regiáo e começaram a trazer os doentes nos catres, para onde ouviam dizer que Ele estava.
Nas aldeias, cidades ou casais onde Jesus entrasse, colocavam os enfermos nas praças públicas e pediam que os deixasse tocar-Lhe ao menos na orla do manto. E todos os que O tocavam ficavam curados.


S. Felipe de Jesus(religioso, mártir, +1597)

S. Felipe de JesusÉ o primeiro santo mexicano.Nasceu na Cidade do México em 1572. Começou por ser ourives e aos 18 anos embarcou para as Filipinas, onde se fez frade no convento franciscano de Manila. Devia voltar ao México para ser ordenado sacerdote, mas os tufões arremessaram o barco em que seguia para as costas do Japáo. Tentou obter ajudas para a reparaçáo da embarcaçáo, mas acabou sendo feito prisioneiro com os franciscanos de Quioto e enviado para Nagasaqui para se torturado e morto. Foi martirizado no dia 5 de Fevereiro de 1597.Foi canonizado em 1862.


Santa Águeda(virgem, mártir, +251)


Santa Águeda ou ÁgataVirgem, mártir (t 251) O culto de Santa Águeda, virgem e mártir siciliana, é antiquíssimo. O martírio de Santa Águeda aconteceu durante o terceiro consulado de Décio no ano de 251. Santa Águeda era natural de Catánia (Sicília) e de família nobre e rica. Desde pequena conheceu o Evangelho e entusiasmou-se pelo ideal da pureza que dedicou a Cristo, Ao ser conhecida a sua fé, foi presa pelos soldados de Quinciano, procônsul da Sicília. Durante o tempo de prisáo foi submetida a penas e castigos muito dolorosas sendo mesmo entregue a urna velha pervertida, chamada Afrodisia, que procurou enganá-la e desviá-la de Deus. Trinta dias esteve Águeda com ela, submetida a torturas morais indizíveis. Mas saiu mais pura e mais firme no seu propósito. Firme na condiçáo de cristá, foi esbofeteada pelos lictores de Quinciano e encer­rada num medonho calaboiço. Como Águeda se mantinha firme na confissáo da fé, foi submetida ao ecúleo, desconjuntaram-lhe os ossos, aplicaram-lhe láminas ardentes de ferro e cortaram-lhe os seios, depois de os terem dilacerado com garfos de ferro. Encerrada na prisáo, teve visões e consolações extraordinárias, e o anjo do Se­nhor, segundo os registos, curou-a milagrosamente de todas as feridas. No dia seguinte, apresentaram-na de novo ao Procônsul e foi arrastada sobre um pavimento semeado de vidros e carvões acesos. Houve um furioso tremor de terra que assustou a cidade e os verdugos. Morreu de joelhos, entre fervorosas orações.Santos de Cada Dia – Editorial A.O. - Braga

misalcatolico.com


Categoria: Missa por Ano / Missal Católico 2024 / Missal Católico de fevereiro 2024

Publicado: 2024-02-29T22:07:03Z | Modificado: 2024-02-29T22:07:03Z