Misal Católico

¡Instala nuestra app para disfrutar de una mejor experiencia en tu dispositivo móvil!

Google Play App Store
Cerrar

Missal Católico do dia: Sábado, Fevereiro 10 2024

Sábado da 5a semana do Tempo Comum

1.º Livro dos Reis

12,26-32.13,33-34.

Quando Jeroboáo se tornou rei das dez tribos de Israel, pensou consigo: «A realeza pode voltar para a casa de David.
Se o povo continuar a subir a Jerusalém, para oferecer sacrifícios no Templo do Senhor, o seu coraçáo voltará para o seu soberano, Roboáo, rei de Judá, e acabaráo por matar-me».
Depois de ter tomado conselho, Jeroboáo mandou fazer dois bezerros de ouro e disse ao povo: «Náo subireis mais a Jerusalém. Israel, aqui estáo os teus deuses, que te fizeram sair da terra do Egito».
Colocou um bezerro em Betel e outro em Dan,
o que constituiu uma ocasiáo de pecado para Israel, porque o povo ia a Dan, para adorar o bezerro.
Jeroboáo construiu santuários nos lugares altos e estabeleceu como sacerdotes homens do povo que náo eram descendentes de Levi.
Instituiu também uma festa no dia quinze do oitavo mês, semelhante á festa celebrada em Judá, e ele próprio subiu ao altar que fizera em Betel, para oferecer sacrifícios aos bezerros feitos por ele. E estabeleceu em Betel sacerdotes para os lugares altos que tinha construído.
Jeroboáo nunca se converteu do seu mau caminho e continuou a nomear como sacerdotes homens do povo. Dava a investidura a quem o quisesse, para se tornar sacerdote nos lugares altos.
Semelhante procedimento fez pecar a casa de Jeroboáo, causou a sua ruína e o seu extermínio da face da Terra.

Livro dos Salmos

106(105),6-7a.19-20.21-22.

Pecámos como os nossos pais,
fizemos o mal e praticámos a impiedade.
No Egito náo entenderam os vossos prodígios,
náo compreenderam a imensidade dos vossos favores.
Fizeram um bezerro no Horeb
e adoraram um ídolo de metal fundido.
Trocaram a sua glória
pela figura de um boi que come feno.
Esqueceram a Deus que os salvara,
que realizara prodígios no Egito,
maravilhas na terra de Cam,
feitos gloriosos no mar Vermelho.

Evangelho segundo São Marcos

8,1-10.

Naqueles dias, juntou-se novamente uma grande multidáo e, como náo tinham que comer, Jesus chamou os discípulos e disse-lhes:
«Tenho pena desta multidáo; há já três dias que estáo comigo e náo têm que comer.
Se os despedir sem alimento para suas casas, desfaleceráo no caminho, porque alguns vieram de longe».
Responderam-Lhe os discípulos: «Como se poderia saciá-los de páo, aqui num deserto?».
Mas Jesus perguntou: «Quantos páes tendes?». Eles responderam: «Temos sete».
Entáo, Jesus ordenou á multidáo que se sentasse no cháo. Depois, tomou os sete páes e, dando graças, partiu-os e deu-os aos discípulos, para que os distribuíssem, e eles distribuíram-nos á multidáo.
Tinham também alguns pequenos peixes. Jesus pronunciou sobre eles a bênçáo e disse que os distribuíssem também.
Comeram e ficaram saciados. Dos bocados que sobraram, encheram sete cestos.
Eram cerca de quatro mil pessoas. Entáo Jesus despediu-os
e, subindo para o barco com os discípulos, dirigiu-se para a regiáo de Dalmanutá.


Santa Escolástica(virgem, +543)

Santa Escolástica Santa Escolástica Santa Escolástica era irmá gémea do grande Sáo Bento, pai do monaquismo. Nasceu em Núrsia na regiáo da Úmbria em Itália em 480. Gémea de Bento, tornou-se também gémea na busca de santidade e missáo. Ambos deram testemunho de santos fundadores. No entanto a vida totalmente consagrada a Deus de Escolástica começou antes do irmáo. Vivia recolhida no retiro de sua casa. Quando S. Bento se instalou em Cassino, Escolástica distribuiu pelos pobres os seus haveres e, acompanhada só duma criada de confiança, partiu secretamente em busca do irmáo que a recebeu fora da clausura e acompanhado por alguns monges Santa Escolástica falou ao irmáo da vontade que tinha de passar o resto da vida numa solidáo semelhante á dele e pediu-lhe que fosse o seu pai espiritual e lhe prescreves­se as regras que tinha a observar para o aperfeiçoamento da alma. Bento concordou com os desejos de Escolástica e entregou-lhe uma cela náo muito longe do mosteiro. Deu-lhes, pouco mais ou menos, as mesmas regras que tinha dado aos monges. A fama de santidade de Escolástica atraiu grande número de donzelas que se obrigaram a guardar a mesma regra recebida de S. Bento. Assim nasceu a célebre Ordem feminina que chegou a ter 14 mil conventos espalhados por todo o Ocidente. Embora náo tivesse feito voto de clausura, Escolástica guardou-a sempre rigorosamente. Ia apenas uma vez por ano visitar S. Bento para lhe dar conta da comunidade e do particular de sua alma. Esse encontro anual acontecia sempre fora dos dois mosteiros Num encontro, depois de terem louvado a Deus e conversado como costumavam, sobre várias matérias de piedade, S. Bento despediu-se, mas Escolástica rogou-lhe que se demorasse até ao dia seguinte para ela ter a consolaçáo de falar mais demoradamente sobre a bem-aventurança da vida eterna. Ben­to negou-se pois náo queria transgredir a Regra. Escolástica, que persentira ser aquele o último encontro, inclinou um pouco a fronte, e apoiando-a nas máos, recolheu-se interiormente, fazendo uma breve oraçáo. De repente, levantou-se tamanha tempestade que Sáo Bento ficou impedido de sair com seus irmáos. Queixou-se o Santo amorosamente á irmá; mas ela justificou-se dizendo: «Pedi­-vos e náo me quisestes ouvir, pedi a Deus e Ele ouviu-me. Agora saí, se podeis, deixai­-me e voltai ao vosso mosteiro».Depois daquela providencial partilha de graça e oraçáo, Sáo Bento regressou ao mosteiro e passados três dias percebeu numa visáo a morte de sua irmá que o antecedeu 40 dias no céu.Santos de Cada Dia - Editorial A.O. - Braga

misalcatolico.com


Categoria: Missa por Ano / Missal Católico 2024 / Missal Católico de fevereiro 2024

Publicado: 2024-02-29T22:07:03Z | Modificado: 2024-02-29T22:07:03Z