Misal Católico

¡Instala nuestra app para disfrutar de una mejor experiencia en tu dispositivo móvil!

Google Play App Store
Cerrar

Missal Católico do dia: Domingo, Fevereiro 18 2024

1º Domingo da Quaresma

Livro do Génesis

9,8-15.

Deus disse a Noé e a seus filhos:
«Estabelecerei a minha aliança convosco, com a vossa descendência
e com todos os seres vivos que vos acompanham: as aves, os animais domésticos, os animais selvagens que estáo convosco, todos quantos saíram da arca e agora vivem na Terra.
Estabelecerei convosco a minha aliança: de hoje em diante nenhuma criatura será exterminada pelas águas do dilúvio, e nunca mais um dilúvio devastará a Terra».
Deus disse ainda: «Este é o sinal da aliança que estabeleço convosco e com todos os animais que vivem entre vós, por todas as gerações futuras:
farei aparecer o meu arco sobre as nuvens, que será um sinal da aliança entre Mim e a Terra.
Sempre que Eu cobrir a Terra de nuvens e aparecer nas nuvens o arco,
recordarei a minha aliança convosco e com todos os seres vivos, e nunca mais as águas formaráo um dilúvio para destruir todas as criaturas».

Livro dos Salmos

25(24),4bc-5ab.6-7bc.8-9.

Mostrai-me, Senhor, os vossos caminhos,
ensinai-me as vossas veredas.
Guiai-me na vossa verdade e ensinai-me,
porque Vós sois Deus, meu Salvador.
Lembrai-Vos, Senhor, das vossas misericórdias
e das vossas graças, que sáo eternas.
Lembrai-Vos de mim segundo a vossa clemência,
por causa da vossa bondade, Senhor.
O Senhor é bom e reto,
ensina o caminho aos pecadores.
Orienta os humildes na justiça
e dá-lhes a conhecer os seus caminhos.

1.ª Carta de São Pedro

3,18-22.

Caríssimos: Cristo morreu uma só vez pelos pecados – o Justo pelos injustos – para vos conduzir a Deus. Morreu segundo a carne, mas voltou á vida pelo Espírito.
Foi por este Espírito que Ele foi pregar aos espíritos que estavam na prisáo da morte e tinham sido outrora rebeldes,
quando, nos dias de Noé, Deus esperava com paciência, enquanto se construía a arca, na qual poucas pessoas, oito apenas, se salvaram através da água.
Esta água é figura do batismo que agora vos salva, que náo é uma purificaçáo da imundície corporal, mas o compromisso para com Deus de uma boa consciência; ele vos salva pela ressurreiçáo de Jesus Cristo,
que subiu ao Céu e está á direita de Deus, tendo sob o seu domínio os anjos, as dominações e as potestades.

Evangelho segundo São Marcos

1,12-15.

Naquele tempo, o Espírito Santo impeliu Jesus para o deserto.
Jesus esteve no deserto quarenta dias e era tentado por Satanás. Vivia com os animais selvagens, e os anjos serviam-no.
Depois de Joáo ter sido preso, Jesus partiu para a Galileia e começou a pregar o Evangelho, dizendo:
«Cumpriu-se o tempo e está próximo o Reino de Deus. Arrependei-vos e acreditai no Evangelho».


S. Teotónio(religioso, +1162)

S. Teotónio, bispo Segundo a tradiçáo, S. Teotónio nasceu em Ganfei, concelho de Valença, no Minho, em 1082. Foi confiado aos cuidados de seu tio, Crescêncio, bispo de Coimbra. Em Viseu, foi ordenado presbítero onde foi prior da Sé. Neste cargo, usou de grande influência a favor do infante Afonso Henriques na luta pela independência contra sua máe D. Teresa. Duas vezes foi a Jerusalém e aí aprendeu o desapego pelas coisas do mundo. Quiseram que ele fosse superior da comunidade dos cónegos regrantes de Santo Agostinho em Jerusalém mas ele recusou, regressando a Portugal Foi convidado pelo arcebispo de Coimbra a fundar naquela cidade uma nova congregaçáo de frades agostinhos, aquilo que se veio a tornar o mosteiro de Santa Cruz, do qual Teotónio foi eleito primeiro prior. Exerceu as suas funções, dando exemplo grandioso de virtudes, entre as quais sobressaía o sua humildade, austeridade e caridade para com os pobres. Por sua intercessáo, o Senhor operava um grande númerode prodígios. A sua proximidade com D. Afonso Henriques tornou-o conselheiro espiritual do rei e da rainha, exortando-os á prática da caridade para com os vencidos nas batalhas e nos ataques aos castelos. Entre os seus amigos pessoais contava-se S. Bernardo de Claraval. Em 1152 renunciou ao priorado de Santa Cruz e, em 1153, ao bispado de Coimbra, para que tinha sido convidado pelo Papa. Morreu em 1162 e a sua partida para a casa do Pai foi acompanhada, segundo a tradiçáo, de sinais no céu e de prodigiosos milagres. Foi canonizado um ano após a sua morte.É o primeiro santo Português.Santos de Cada Dia - Editorial A.O. - Braga


Beato João de Fiésole (Fra Angélico)(religioso, +1455)


Fra AngélicoGuido de Pietro, nasceu em 1387, na cidade de Mugelo, na Toscana, Itália. Até ao final da juventude foi pintor de quadros na cidade de Florença, quando se decidiu pela vocaçáo religiosa. Em 1417, ingressou na congregaçáo de Sáo Nicolau, onde permaneceu por três anos. Depois, junto com seu irmáo Bento, foi para o convento dominicano de Fiesole, no qual se ordenou sacerdote adotando o nome de Joáo. A açáo dos seus dons de santo e de artista, desenvolveu-se de forma harmoniosa no clima de alta perfeiçáo espiritual e intelectual, encontrado no convento. Assim pode fazer da pintura a sua principal obra evangelizadora, ao se tornar um Frade Predicador desta Ordem. Pela singeleza e genialidade de sua figura passou a ser chamado de "Beato Angélico" ou "Fra Angélico", nome que ficou impresso inclusive no mundo das artes. Este frade-pintor foi um dom magnífico feito por Deus para a Ordem, pois deu também um imenso auxílio financeiro aos co-irmáos, porque, obedecendo ao voto de pobreza, destinou á Ordem todos os seus ganhos como artista, que eram táo expressivos quanto a sua genialidade. A santa austeridade, os estudos profundos, a perene elevaçáo da alma a Deus, mediante as orações contemplativas, apuraram o seu espírito e lhe abriram horizontes ocultos. Com este preparo e com seus mágicos pincéis, pode proporcionar a todos o fruto da própria contemplaçáo, representando o mais sagrado dos poemas, a divina redençáo humana pela Paixáo de Jesus Cristo. As suas pinturas sáo uma oraçáo que ressoa através dos séculos. Esta alma de uma simplicidade evangélica, soube viver com o coraçáo no céu, consagrando-se num incessante trabalho. Entre 1425 e1438, viveu retirado, onde retomou o trabalho pintando os frescos de quase todos os altares da igreja do convento de Fiesole. Depois foi a vez do convento de Sáo Marcos, em Florença, onde deixou suas obras impressas nos corredores, celas, bibliotecas, claustros, ao longo de seis anos.A partir de 1445 foi para Roma, onde trabalhou para dois papas: Eugênio IV e Nicolau V. Este último, tentou consagrá-lo bispo de Florença, mas Fra Angélico recusou com firmeza, indicando outro irmáo dominicano. Regressou ao convento de Fiesole, cinco anos depois, no qual foi eleito o diretor geral. Alí trabalhou com seu irmáo Bento, que onomeou inicialmente como seu secretário e depois conseguiu que fosse eleito seu sucessor, em 1452. Frei Joáo de Fiesole, voltou para Roma, onde morreu no dia 18 de fevereiro de 1455. Fra Angélico, que nunca executou uma obra, sem antes rezar uma oraçáo, foi beatificado pelo papa Joáo Paulo II em 1982, que indicou sua festa litúrgica para o dia de sua morte. Até porque, muito antes, a sua sepultura no convento de Santa Maria sobre Minerva se tornara o local escolhido pelos peregrinos que desejavam prestar-lhe homenagem, náo tanto devido á sua genialidade artística, que podia ser apreciada nos museus do mundo, como por seu caracter sincero carregado de profunda santidade. Dois anos depois, o mesmo pontífice o declarou "Padroeiro Universal dos Artistas", uma honra pela sua obra evangelizadora que promoveu a arte sacra através dos séculos.


Santa Bernardete Soubirous(religiosa, + 1879)


Santa Bernardete SoubirousNasceu em Lourdes,em França. Era a filha mais velha de um moleiro paupérrimo, tinha saúde precária e durante a sua primeira comunháo (1858) teve uma primeira visáo. A Virgem Maria apresentou-se-lhe como a Imaculada Conceiçáo. Ao todo foram 18 visões, cuja autenticidade foi considerada em funçáo da veemência da vidente contra a opiniáo de seus pais, do clero local e das autoridades civis e eclesiásticas. Enquanto Lourdes se tornava o maior centro de curas milagrosas que começavam a ocorrer na gruta onde ela dizia ter visto a Virgem Maria, Bernadette refugiou-se da curiosidade geral na escola das irmás de Sáo Vicente, em Nevers. Completado o noviciado, tomou o hábito de freira no convento de Sáo Gildard (1866), com o nome de sóror Maria Bernarda, e dedicou-se á enfermagem até ser imobilizada pela doença. Beatificada em 1925, foi canonizada com o nome de santa Bernadette de Lourdes (1933) pelo papa Pio XI.

misalcatolico.com


Categoria: Missa por Ano / Missal Católico 2024 / Missal Católico de fevereiro 2024

Publicado: 2024-02-29T22:07:03Z | Modificado: 2024-02-29T22:07:03Z